Aos domingos, 15h30
Reprise aos sábados, 11 horas
Na TV Brasil

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Adultização infantil e responsabilidade da mídia - que mundo é esse????

Oi gente!
Neste último domingo, reprisamos o programa sobre Adultização Infantil, que (não à toa) foi um dos mais votados na nossa enquete de dezembro do ano passado.
Sem a menor sombra de dúvida, temos que ficar muito atentos e preocupados com o que nossos filhos estão ouvindo e assistindo, pois o que temos por aí hoje é uma total falta de noção e respeito aos valores da infância e da família.
A vulgaridade tomou conta por completo dos programas de TV, das músicas e propagandas. Não vamos nem citar nomes porque exemplos (ou melhor, péssimos exemplos) existem aos montes.
Será que vale a pena baixar tanto o nível por pontos a mais no ibope e cifrões a mais na carteira? Infelizmente, a maioria acha que sim, e é por isto que estamos vivendo todo este absurdo: letras de duplo sentido sendo cantadas por crianças pequenas que mal sabem o seu significado, cenas na TV  com  forte apelo sexual e totalmente desnecessárias, enfim... 
Na ocasião da primeira exibição do programa, e agora na sua reapresentação, recebemos muitas mensagens de pais e educadores preocupados com o assunto. Realmente não dá para ficar sentado esperando que alguma coisa seja feita. Cada um tem que fazer sua parte.
A nossa telespectadora Miriã, que não é mãe, mas tem sobrinhos e é pedagoga, e que participou do chat no último domingo, nos autorizou a reprodução do seu e-mail. Confiram o que ela tem a dizer em seu desabafo.
***
"Olá, Mamães !
Eu sou a Miriã, eu participei do chat, sobre a adultização da criança. Sou pedagoga do ensino básico, tenho 5 sobrinhos e me preocupo muito com o rumo que as nossas crianças e jovens brasileiros estão tendo como escolhas: A VULGARIDADE !
A erotização precoce de nossas crianças e jovens é um assunto que me preocupa, pois não vejo nenhum movimento do governo em dar limite à vulgaridade nas """artes"""". Para mim funk é lixo!!!
Faço pressão no Congresso Nacional através de ideias pelo twitter. A Revolução Francesa começou assim, através das ideias dos enciclopedistas. Twittem também!  Fazem parte do meu twitter: Paulo Paim (atuante na defesa dos direitos humanos) , Marina Silva, Eduardo Suplicy (senador de SP), Senador Cristovão Buarque, Maria do Rosário (ministra chefe da secretaria dos direitos humanos) ,Reguffe (senador mais votado) e o programa SEM CENSURA(tv Brasil).
Não é censura. Eu sou a favor de um Conselho de ética na ARTE. Para que a liberdade não seja confundida com libertinagem, e a arte com LIXO. E que as nossas CRIANÇAS e JOVENS, com a personalidade em formação, não sejam bombardeadas com o que desvaloriza: a figura da mulher na sociedade brasileira tratando-a como mero objeto de uso sexual.
Falta também a ALGUMAS mulheres se darem ao RESPEITO. Se “só um tapinha não dói”, o primeiro deveria ser dado no popozão dos tigrinhos e cachorrinhas que curtem essas coisas. Depois, a gente não entende o motivo do aumento dos índices de violência contra a mulher e porque ela é tão desrespeitada na sociedade. Será que não é óbvio?
"Baladas recheadas de garotas lindas, com roupas cada vez mais micros e transparentes, danças e poses em closes ginecológicos" (Arnaldo Jabour) . É VULGAR !
É um absurdo que um governo que luta contra a exploração sexual de menores, ainda permita a veiculação do funk. Que do meu ponto de vista, nem arte é, são grunhidos e sussuros. Afinal nossos ouvidos não são pinico!
É sabido que limites servem para educar, para manter o equilíbrio, pois então a Arte está carecendo URGENTE desse Conselho de Ética.
É um problema do governo, a gente não tem nada com isso, não é mesmo? Ao invés disso, vamos dar risada e incentivar o moleque de 7 anos (7 anos!!!) a “pegar um filé com popozão”. Afinal, nunca é cedo demais para mostrar pro papai que se é um garanhão, que não deixa passar nenhuma cachorra. Isso é que é uma infância saudável?
Um forte abraço cheio de energias e sonhos de um BRASIL MELHOR PARA AS NOSSAS CRIANÇAS, JOVENS E PARA NÓS MESMAS.
Agradecida. Miriã."
***
E para quem não conseguiu assistir ao Papo de Mãe sobre Adultização Infantil, não precisa se preocupar porque o programa está disponível para vocês aqui no blog! Vejam abaixo, divulguem e comentem sobre o assunto. Queremos saber a opinião de vocês!

4 comentários:

CARMEN LOURDES disse...

Eu queria dar os parabéns a voces do Papo de Mãe pelos temas escolhidos e por toda a competência. É um dos poucos programas que ainda paro para assistir e recomendo aos meus amigos. Continuem assim e tudo de bom neste ano!

Regina Pisto disse...

preocupante a situação de nossas crianças, parabéns pelo programa.

Letticia Medeiros disse...

http://artedeserme.blogspot.com/ UM BLOG MUITO FOFO CONFIRA

Juliana Borges - Contos de Mãe disse...

Parabéns pelo tema!!
Vocês conseguiram expressar todo meu sentimento ao passar cinco semanas de férias no Brasil, neste fim de ano. Me assustei muito com o descaso pelo qual estão tratando a educação das crianças e dos jovens brasileiros. A erotização explícita na TV, nas coreografias musicais promoveu uma espécie de choque, principalmente morando em países como Noruega e agora Suíça, onde existe sim uma rigidez muitas vezes exagerada, mas também existe respeito à infância e uma preocupação sobre a preservação de valores fundamentais para o desenvolvimento bio-psico-social das crianças.
Obrigada! Juliana