Aos domingos, 15h30
Reprise aos sábados, 11 horas
Na TV Brasil

quarta-feira, 18 de maio de 2011

PERDAS: mensagens psicografadas

Pessoal, quem acompanhou o programa do último domingo e se emocionou com os trechos das mensagens psicografadas enviadas por Alex Fernandes França (Lekinho), pode agora conferi-las na íntegra. A mãe de Alex, Dona Luísa Betty, e a irmã, Débora França, que estiveram presentes no programa, fizeram questão de compartilhar as mensagens aqui no blog. O intuito é confortar outras famílias, que passaram ou estejam passando pela mesma dor de perder um ente querido, e que acreditam que a morte é apenas uma passagem. Nós só temos a agradecer à Dona Luísa e à Débora pela generosidade. Muito obrigada!
Primeira Mensagem
Lekinho
"Dona Luisa, querida mãezinha Betty, aqui estou para abraçá-la e entregar a você outras notícias que sei, nos ajudarão. Quero que minha mãe sinta com este encontro, que não estamos distanciados um do outro. Que nossos pedidos recebem respostas de alguma forma, tudo porque somos de Deus e a justiça que nos governa não são intenção primeira de nos maltratar. Se às vezes nos sentimos distantes é porque as forças da fé podem diminuir, e as lâmpadas acesas de esperança apagam-se, perdidos pela falta de energia que não podem receber.
Mãezinha Betty, creio ser desnecessário voltar ao assunto do acidente, quando de nosso passeio até Cabo Frio. Apenas me refiro ao acontecido para pedir a todos que não procurem qualquer culpa no Tio Marinho. Ele até hoje carrega esta preocupação, e eu não acho justo encontrá-lo desta maneira, porque a direção do carro para a outra pista, não pode ter sido por vontade do querido Tio. Devemos ajudá-lo, e saibam todos, que seus pensamentos nos chegam como notícias certas daquilo que verdadeiramente estão sentindo.
Devo pedir a você, ao papai Júlio, à Débora, lembrarem sempre, que o corpo é uma casa que a gente mora durante o tempo que temos crédito para ficar abrigado nele. Acaba o corpo, voltamos às raízes do espírito que é a vida sem fim. Se queremos nos martirizar, se procuramos o desânimo, nós vamos encontrar todos estes males, numa prova difícil de que estamos esquecendo, que muitas outras criaturas nos merecem o ânimo e a disposição para ajudá-los.
Mãe, apagar a fé em crescimento na lembrança constante da vida eterna me parece ser o mesmo que alguém que nunca soubesse do nascimento do outro, e não procurasse acreditar que ele nasceu de uma forma, forma esta que é dada a todos os filhos da criação de Deus, que abraça o colo interno de sua mãe. A partir daí, mesmo vindo para o exterior agasalhar em seus braços, fica ele preso ao embrião da afinidade, da gratidão e da própria necessidade de conhecer, que mãe é de Deus, a santa primeira do filho.
Lekinho e a irmã Débora
Sei que é difícil para a vovó Honorina e a vovó Irany aceitarem que sou eu mesmo que escrevo, usando outra mente, dentro do processo que me concede a favorecer este acontecimento, mas devo perguntar a elas: por que amam tanto seus filhos? Por que se agarram tanto à fé em Deus? Por que oram e preocupam-se se a validade da vida é tão pouca, a ponto de podermos considerar este tempo irrisório?
Eu amo minhas avós e procuro sempre que posso abraçar o vovô Heli e aprender com ele e com sua experiência, a ordem de esperar e ficar preso à certeza que o que a boca fala, às vezes, é na tentativa de esconder dos outros o que está falando o coração.
Dona Luisa, o prato de sopa àquelas crianças tem me feito tão bem e é mais uma desculpa que encontro para pedir que me deixem ficar mais tempo com minha mãe. O Marinho, está junto a nós, a Miralda, o Vítor. São suas presenças uma prova de que estamos juntos e estamos pedindo que nos compreendam o tempo chegado a que não podemos fugir, e em cada segundo, alguém tem vindo pra cá, e os que estão daqui estarão voltando para aí.
Beijos mãe, obrigado por sua procura e acredite que de onde venha as suas orações eu as tenho recebido. Não chorem diante minha foto, afinal não tenho uma cara tão triste assim. Diga ao papai Júlio que volto em breve para a continuidade dos meus estudos. As férias, por enquanto, são só o tempo de ajudá-los a sair da fogueira, que tanto tem atormentado seus corações.
Recebam todos os beijos e abraços e não deixe a Débora sem falar sobre mim. Eu não estou esquecido e não adianta a Débora se entregar ao silêncio quanto ao seu irmão, porque estou vivo e quero ser lembrado e comentado em suas alegrias.
Me abençoe, aquele abração no papai e diga a vovó Honorina que o Marinho está bem. A Miralda e o Vitor, também."
Por Alex Fernandes França (Lekinho). Mensagem psicografada pelo médium Celso de Ameida Afonso, em reunião comemorativa do 76º aniversário do Centro Espírita “Paz e Amor”, na noite de 11/06/90, no distrito de Rufinópolis, Veríssimo – MG.
Segunda mensagem
Lekinho no colo da mãe
"Mãezinha Betty, querida mãe, quero encontrar as melhores palavras. Quero fazer tudo certo para que você e o papai Júlio César saibam que na verdade estou bem.
O que fazer, mãezinha Betty? A nossa alegria era contagiante, fazíamos tantos planos naquele passeio em Cabo Frio. Beijamos e trocamos abraços, queria mostrar toda a minha alegria pelo que entregavam em oportunidade de distrair. Entramos novamente no carro para seguirmos viagem, eu, o tio Leomar, o nosso Marinho, o pequeno Vítor, a Miralda, e você, o papai Júlio, a Débora, seguiam à frente.
Se me lembro bem foi mesmo ali perto de Barra Mansa que fomos de encontro à traseira daquele caminhão. Não sei, na verdade, como aconteceu, porque quando consegui notar algo, já foi aquele barulho todo de ferragens. Posso afirmar-lhes que nada vi e nada senti, porque senti, de repente, que um sono me tomou num repente sem me deixar qualquer consciência para saber o que havia acontecido.
Acordei depois de quatro dias em um hospital. Assustado, pedia explicações. O que me acontecia? Eu queria falar com a mãezinha Betty, com o papai, com a Débora. E o Vítor, o Marinho, a Miralda? Onde estavam? Foi difícil, mas as respostas aos poucos me faziam encontrar a verdade que hoje estou vivendo. Não sei como conseguirei ajudá-los porque é difícil encontrá-los diante minha foto com os olhos cobertos de lágrimas.
Sei que pensam que poderiam mudar as coisas se a viagem não acontecesse. Não quero que vocês pensem assim e é o que devo pedir também à vovó Honorina que tanto tem sofrido.
Família reunida
Mãe, é preciso encarar a situação. Sei que não é fácil, mas sei também que podemos. Eu não morri, assim como a Débora, eu continuo a ser seu filho mesmo que esta cortina da vida esteja separando os nossos prazeres de mãe e filho, impedindo-nos de estarmos juntos da mesma forma.
Devo parar porque a disciplina do tempo me pede isto.
Obrigado pela procura e não se entreguem. Não estarei afastado de vocês. O corpo não dava para me servir mais e este acontecimento é notícia de todos os dias e de todas as famílias. Beijo-lhes as mãos, agradecido, e vou de encontro aos seus braços. Me abençoem."
Por Alex Fernandes França (Lekinho). Mensagem psicografada pelo médium Celso de Almeida Afonso, em reunião pública do Centro Espírita "Caminho da Luz", sito à av. Jaime Gomes, 532, em Araguari, MG, na noite de 31/03/09.

PS: Em 15.05.2011, dia da exibição do programa, Alex (Lekinho) faria 36 anos. Fica registrada aqui a nossa homenagem.

***
DICA DE HOJE
Concurso Cultural Barriga Crescente
 "Descubra o seu  próprio jeito de ser mãe"
Leia o regulamento e faça sua inscrição pelo link: http://goo.gl/wZ3TW.
 Rede das Gestantes: http://barrigacrescente.ning.com/

26 comentários:

Andréia disse...

Meu Deus, como eu gostaria de ter uma psicografia da minha filha Anna Laura que se foi pra junto do papai do céu no dia 12/02/2009.
Com apenas 1 ano e três meses.
Sei que um dia Deus irá me presentear com isso..

Beijos a todos

SONIA MACHADO DE O. disse...

eu gostaria muito de receber uma mensagem de meu pai,nem que fosse tres linhas apenas ele ficou intnernado por nove dias e por forca maior eu nao consegui chegar a tempo..nao sei mas sinto q ele queria me dizer algo..um abraço. perdi ele em 10/10/2007..nome RICARDO OSMAR DE OLIVEIRA.

DEDA disse...

POR FAVOR, ESSAS MENSAGENS, QDO VEM, ELAS VEM COM A LETRA DA PESSOA DESENCARNADA OU DO MEDIUN????COMO FAÇO PAA TENTAR RECEBER UMA MENSAGEM PSICOGRAFADA????

PAPO DE MÃE disse...

Deda,
Veio com uma letra, vamos dizer, padrão de psicografia que é uma letra escrita muito rapidamente. Não é nem a letra do espírito que está mandando a mensagem, nem a do médium, se é que posso dizer assim.
Normalmente todas são muito parecidas.
Mas a assinatura tem traços que batem muito com as da letra da pessoa que desencarnou. Não sei se todos assinam como assinavam antes mas as mensagens do meu irmão tem a assinatura como a letrinha dele.
O que não deixa dúvida é o teor da mensagem. Coisas muito pessoais que só quem recebe e a pessoa desencarnada sabem, por exemplo.
Para receber, tem que ir a um centro espírita (Kardecista) onde há seções de psicografia e deixar o nome da pessoa com quem você quer se comunicar.
Muita gente vai várias vezes antes de receber uma mensagem e outros espíritos não tem permissão para se manifestar dessa forma, portanto, não dá para saber se haverá uma mensagem, ou não.
Espero ter ajudado.
Beijos,
Débora França
Equipe Papo de Mãe

Anônimo disse...

oi queridos irmaos que o amor de Deus estejam com vcs gostaria muito de receber mensagens de meus pais e de um filho joao raimundo de lima ,leonilda arruda de lima e joao vitor lima nardo obrigada e desde ja desejo a todos um ano de 2012 de muitas alegrias e vitoria

José Carlos disse...

tenho lido muito a respeito de mensagens psicografadas, poi sempre acreditei que a vida continua depois da morte do corpo físico.Tenho um irmão que desencarnou em decorrência de um acidente de moto e isso deixou-nos muito abalados.Gostaria de receber alguma mensagem dele.

valdinéa disse...

Oi, bom dia .
Perdi minha filha em janeiro destre ano, ela era linda e jovem aos seus 18 anos, muitos planos ficaram pela metade pois, o coração não a deixou continuar aqui entre nós, eu não sei mais o que fazer de minha vida, ela era uma filha maravilhosa que não me dava trabalho. estou descvrente de tudo, perdi a fé, acho que foi injusto terem me tirado minha menina. tenho lido bastante para poder tentar entender, mas em minha cabeça nada se encaicha.
Obrigada por me ouvir.
Obs: Meu email é neiavpt@yahoo.com.br

PAPO DE MÃE disse...

Valdinéa,



Infelizmente voce está vivendo a pior de todas as dores : a de involuntariamente ter sido afastada fisicamente de sua filha.



Mas gostaria de compartilhar com voce algumas questões que eu de coração gostaria que voce olhasse com carinho.



Voce não perdeu sua filha. Não perdemos o que ainda existe. Me refiro ao amor, respeito e admiração que provavelmente voces sentiam uma pela outra. E que continuam 'a sentir, apesar do afastamento que é apenas físico. Por acaso voces deixariam de nutrir esses sentimentos, caso por exemplo morassem em paises distantes ? Não perdemos quem de fato amamos e quem de verdade nos ama.



A ausencia fisica dói e dói muito porque não é fisica, mas da alma. E ainda é muito cedo para que voce consiga administrar essa dor. Voce ainda está de luto e isso na pratica, significa chorar muito, não aceitar a separação, brigar com Deus e lhe cobrar explicações, achar injusto com voces duas o que aconteceu, não sentir vontade de viver, não ter animo para nada ,,, dentre outas coisas.



E luto, é sagrado. A gente tem que viver com dignidade, sem culpa e sem vergonha. Ou a gente adoeçe, Valdinéa. Se permita sofrer , isso é um direito seu afinal. Procure familiares e amigos e desabafe, não se faça de forte ( ate porque ser forte nada tem 'a ver com não sofrer ). Ao mesmo tempo, não exija grandes esforços de voce mesma. Procure se alimentar, dormir bem e na medida do possível, se distrair. E te peço que faça isso, por voces duas. Certamente de onde está sua filha também esta sofrendo com a separação e ver voce desistindo de viver, so trará ainda mais sofrimento 'a ela. E certamente não é isso que voce quer.



Com calma e vivendo um dia de cada vez, permita que o tempo te ajude a curar essa imensa ferida que hoje sangra. E saiba, que o tempo faz verdadeiros milagres , mas a gente precisa se ajudar.



Ocupe o seu tempo de forma moderada . Trabalhe, cuide da casa, da familia, faça um trabalho voluntario se puder. É impressionante como ajudar os outros nos ajuda !!!!! Vá aos pouquinhos voltando 'a sua rotina diária, e verá como isso lhe ajudará.



No entanto, se com o passar do tempo voce perceber que tudo continua igual, então sugiro que voce procure uma ajuda psicológica de alguém da sua confiança.



Espero ter de alguma forma te ajudado e de mãe para mãe receba um beijo carinhoso meu !



Solange Melo

Psicóloga

Carmen disse...

No dia 16 de outubro de 2006, meu filho Gabriel de Paula Bessa, desencarnou aos 18 anos de idade.
Quanta saudade!!! muita vontade de saber como ele está, se é possivel uma psicografia dele pra mim!!
por favor me ajudem!!!!!

Anônimo disse...

Meu nome é Maria Helena e sou de Ribeirao Preto. Gostaria demais se alguém puder me informar onde consigo piscografia nessa cidade, meu email: fernandesmhf@ig.com.br. Perdi um filho de 23 anos e sofro muito com a ausencia física dele, porque digo física, porque creio que ele vive. Se alguém puder me ajudar agradeço.

RAQUEL disse...

Olá, meu nome é Raquel. No dia 25 de fevereiro de 2012, meu amado pai nos deixou, não nos deu tempo nem de despedidas. Foi dormir e não mais acordou.Foi um dia terrível, jamais esquecere. A sua ausência dói demais, ainda não sei como continuar a viver, jamais será como antes. èramos muito apegados. Meu pai era um homem exemplar e eu tinha muito orgulho de ser sua filha, nunca estive preparada para perdê-lo. Sou casada e tenho duas filhas e é só por esta razão que ainda tento levar a minha vida adiante. Penso muito na minha própria morte e tenho fé que vamos nos reencontrar.

Tudo que mais anseio nste momento é ter um contato com o meu pai, mas não sei como fazer para receber uma carta psicografada. Ajude-me por favor!

PAPO DE MÃE disse...

Maria Helena e Raquel, as mensagens psicografadas são feitas em centros espíritas kardecistas que trabalham com psicografia, o que não é muito fácil encontrar.
É preciso procurar um centro sério e começar a frequentá-lo. Nem todo mundo recebe mensagens. Chico Xavier sempre dizia que "o telefone só tocava de lá para cá". Lamento profundamente pelas perdas, mas pensem no seguinte: a vida não termina aqui, é só um período de afastamento, como uma viagem... Concentrem-se naqueles que estão vivos e precisando do amor de vocês.
Entrem em contato com a Federação Espirita Brasileira para ver se eles podem dar uma orientação.
Site: www.febnet.org.br
Boa sorte! Um grande abraço!
Clarissa
Equipe Papo de Mãe

Anônimo disse...

Olá! equipe papo de mãe .
Venho aqui parabeniza-los pelo trabalho que fazem,confortandos pessoas que perderam seus entes, deixando a certeza de que a vida continua.
E também agradecer pelas informações encontradas aqui.MUITO OBRIGADO!!!
Iolando pereira .

Adriana Santos disse...

meu nome é Adriana , no ultimo dia 19/08/12 descobri que meu bebê de 36 semanas estava morto , e alguns dias antes tive dores e não me levaram a sério , gostaria de saber porque essa sede de justiça que sinto , gostaria de receber noticias do meu Lucca , se ele está bem , se meu sofrimento é entendido por ele e espero que não esteja lhe prejudicando , o amo e queria demais noticias já que não pude pegá-lo , vê-lo direito....espero respostas sou de Diadema-SP

Adriana Santos disse...

Meu nome é Adriana no ultimo dia 19/08/12 meu bebê de 36 semanas foi diagnosticado morto , estou sofrendo demais , por não ter pegado , sentido , já que anciava demais por ele , queria demais noticias dele , se está bem , por que da sua partida , por que dias atrás senti dores e não fui escutada , e por que dessa sede de justiça , sinto que foi erro médico , e estou correndo atrás disto , gostaria de saber se isso o prejudica onde está , se ele sente meu amor extremo por ele e se podemos nos encontrar em sonhos para finalmente o conhecer e poder pegá-lo abraçá-lo , sinto tanto vazio e me sinto hoje pela metade , moro em Diadema - SP e gostaria de saber como faço para obter cartas ou onde tentar.Obrigada!

PAPO DE MÃE disse...

Adriana, querida, receba nossos sentimentos. O que vc está sentindo é compreensível diante de uma perda como esta.
Veja nas mensagens acima o que falamos sobre mensagens psicografadas.
Temos 2 programas sobre o assunto perdas. Um é este no qual vc postou e o outro são "histórias de superação". Clique na nossa lista de programas anteriores e veja as postagens sobre os programas.
Beijos!
Clarissa

Anônimo disse...

Meu nome é Fátima e estou sofrendo muito, pois no dia 24/12/2012 meu amigo Paulo que considero irmão desencarnou, sinto uma saudade e choro o tempo todo é que eramos proximos demais tanto que praticamente morava em sua casa. Gostaria de ter uma carta psicografada e bucar ajuda para conformar com esta partida.

Rubia Cunha disse...

meu sonho e receber uma mensagem de meus parentes que ja se foram...

Rúbia Cunha disse...

queria receber uma mensagem do alem

Roberta Barbosa disse...

Roberta!

Bom dia, há dias eu estou com um pensagmento fixo em vida após a vida, será normal, me vem a lembrança do meu irmão que partiu a exatamente 18 anos e a vontade de ter uma mensagen dele, será possivel? agradeço e peço uma energização para que eu possa encontrar respostas guardadas no cofre da Vida.... Bom dia a todas.
Lucia roberta barbosa da Silva

Anônimo disse...

Boa noite,e que tive um namorado ha uns seis anosatras e apesar de na epoca temos terminado, continuavamos nos gostando muito e cultivamos uma grande amizade mesmo depois de eu ter me casado e ele arrumado outras namoradas.Sempre nos falavamos por telefone, e em um desses telefonemas ele me contou que estava doente, sem me dar detalhes da doença, achando que era uma coisa boba nao fui visita-lo mas continuei a fazer contatos pelo telefone e ele sempre querendo me parecer bem,e eu acreditando.Porem dias depois tive noticias de sua morte.Isso aconteceu faz 3 anos, e desde entao sonho com ele me dizendo que quer voltar um menino. O que isso quer dizer? O que eu faço para ter mais contatos com ele? Sera que e realmente ele que aparece em meus sonhos? Devo ter medo? Por favor me deem uma luz, estou desesperada.

PAPO DE MÃE disse...

Queridas, infelizmente não temos como ajudá-las neste assunto espiritual, pois nosso programa é jornalístico e não é ligado a nenhuma religião / filosofia. Contudo, sabemos que o melhor local para buscar informações é um centro espírita kardecista. Existem muitos grupos sérios espalhados pelo Brasil. Boa sorte a todos vcs! Bjs, Clarissa.

marcia disse...

NOSSA EU FIQUEI EMOCIONADA MINHA MÃE FALECEU DIA 08/06/2013 E ONTEM RECEBI UMA MENSAGEM DO MENTOR, NOSSA FOI DEMAIS EU AGRADEÇO A TODOS E DEUS PRINCIPALMENTE QUE AUTORIZOU ESTA MENSAGEM. A AGORA ESTOU NA ESPECTATIVA DELA ESCREVER E NA HORA DE DEUS COM CERTEZA ELA VAI ME ESCREVER. SAUDADES PARA SEMPRE.

Anônimo disse...

Por favor perdi 03 irmaos 01 no dia 20/07/2010 02 no dia 04/09/2010 e o 03 no dia 09/05/2011 e gostaria muito de ter alguma mensagem de qualquer um deles muito obrigado e que DEUS abençoe

ALINE disse...

MEU NOME É ALINE ,TENHO 30 ANOS MEU PAI FALECEU EU TINHA 6 ANOS!!! SINTO EM MEU CORAÇÃO UM ABERTO, UM VAZIO SINTO QUE PRECISO RECEBER ALGUMA COISA DELE,FALANDO QUE SE LEMBRA DE MIM...JÁ FUI EM UMA SESSÃO DE PSICOGRAFIA NA MINHA CIDADE DE SÃO LOURENÇO-MG MAIS NÃO OBTIVE EXITOS!!!! POR FAVOR ME AJUDEM O NOME DELE ERA JOSÉ ALVES ARANTES.
OBRIGADO

Taty filmes e modas disse...

Meu Pai Jose Ramires de Oliveira se foi em um terrivel acidente aqui em Peruibe no dia 10/02/2014 no mes do meu aniversario, eu sinto tanto a falta dele, queria lhe dizer o quanto eu o amo, o quanto eu sentia orgluho dele ser meu pai, sinto tanto remorcio pelas brigas que tinhamos em casa, eu nao aceitava que ele bebesse e acabavamos brigando, se eu soubesse que ele iria partir naquele dia eu juro que eu nao teria dexado ele sair de casa, mas Deus o levou dpois dquele tragico acidente, peço muito a ajudaa de voces, pois eu quero muito me comunicar com meu pai, quero respostas, foram tantas palavras que nao foram ditas e que precisam ser ouvidas.