Aos domingos, 15h30
Reprise aos sábados, 11 horas
Na TV Brasil

domingo, 16 de maio de 2010

Hora certa: quando e como tirar o bebê das fraldas

Oi gente!
Gostaram do Papo de Mãe deste domingo? Esperamos que sim. Estamos a cada dia nos esforçando mais e mais para fazer um programa de qualidade, que realmente preste um serviço à população, levando informação, mas de uma forma leve e descontraída.
E aqui no blog o PAPO continua...
Confiram agora o artigo enviado por uma de nossas convidadas, a fisioterapeuta Carla Pereira, sobre a HORA CERTA de tirar as fraldas do bebê.
Sintam-se à vontade para opinar e comentar não só sobre o texto, mas sobre todos os assuntos abordados no programa.

Hora Certa: quando e como tirar o bebê das fraldas
Por Carla Pereira - fisioterapeuta

Sair das fraldas, controlando a urina e fezes, é conseguir "controle de esfíncteres". Ou seja, controle voluntário das "torneirinhas" naturais de nosso corpo.
Ao nascer, o bebê não possui nenhum controle sobre os esfíncteres. Ele urina e evacua involuntariamente e o controle voluntário somente virá com o tempo.
Aí vem a pergunta : E com que idade a criança adquire esse controle?
De modo geral, o controle esfincteriano se inicia por volta de 18 meses de idade. Para saber a hora certa, a dica é esperar que a criança comece a avisar ou indicar de alguma forma, que fez xixi ou que evacuou (isso ocorre geralmente por volta dos 2 anos). Não é preciso ter pressa! O treinamento feito antes da hora pode trazer conseqüências muito desagradáveis para a criança e seu desenvolvimento.
Também é muito importante que este treinamento seja feito de forma natural, sem ansiedade, mantendo um ambiente tranqüilo e um relacionamento amoroso com a criança. A hora certa varia de criança para criança. Geralmente, elas abandonam a fralda durante o dia e depois de algum tempo deixam de usar à noite.
O ideal é usar direto o vaso sanitário com tampa apropriada para crianças. Deve-se colocar a criança no vaso sanitário, com apoio nos pés, umas 3 vezes por dia, cerca de 15 minutos, após as principais refeições. Se já houver um horário em que a criança evacua com mais freqüência, devemos aproveitar esse horário.
Deve-se deixá-la no banheiro por no máximo uns 10 a 15 minutos e durante esse período ela deve receber nossa atenção e estímulo para evacuar, explicando a ela o que se deseja e pedindo-lhe ocasionalmente que faça força. Pode-se fazer um pouco de massagem no abdômen. Vale conversar e contar historinha. Se nos primeiros dias ela não conseguir, não desanime, pois o controle virá com o tempo.
É importante saber que a primeira habilidade que a criança adquire neste treinamento é a de "segurar" a torneirinha fechada e só depois ela aprende a abri-la voluntariamente. Isto significa que no princípio a criança poderá evacuar logo após ser retirada do banheiro, pois estava voluntariamente (e às vezes até com algum esforço) segurando as fezes.
Assim que sai, ela relaxa e evacua. Nesta hora a criança pensa que vai ser elogiada, por ter controlado o esfíncter fechado por alguns minutos, mas acaba levando uma bronca, e fica sem entender nada. O melhor nesta hora é limpá-la sem comentar nada.
Lembre-se sempre de elogiar os seus sucessos, mesmo que tenha sido apenas o de conseguir ficar sentada por alguns minutos. Quando ela conseguir finalmente evacuar, deve-se manter o horário e a rotina diariamente, para que o hábito seja fixado.
O treinamento para controle da urina deve começar pelo período diurno, colocando-se a criança no banheiro para tentar urinar, a cada 3 horas aproximadamente. Sempre explicando o que se deseja e até imitando o barulho do xixi.
Devemos sempre, elogiar os sucessos e ignorar, sem comentar, os "fracassos".
O controle urinário diurno geralmente se consegue até os 2 anos e meio ou 3 anos, mas o noturno pode demorar até os 5 ou 6 anos de idade. Quando estes prazos (aproximados) são ultrapassados, dizemos que a criança está com enurese ( ato de urinar involuntariamente ), o que requer avaliação especial e eventualmente tratamento.
ALGUMAS DICAS:
1. Converse com a criança sobre o assunto e, se fizer xixi ou cocô na roupa, não brigue;
2. Mostre o vaso sanitário para ela e deixe-a conhecê-lo;
3. Mostre figuras ou fotos de crianças no banheiro;
4. As crianças costumam indicar que estão com vontade de fazer xixi ou cocô. Quando perceber, coloque-as no vaso sanitário;
5. O ideal é que se sentem no vaso sanitário o com as coxas levemente acima de 90o, com apoio nos dois pés, e o tronco levemente inclinado a frente, o que ajuda a esvaziar melhor a bexiga e a eliminar as fezes;
6. Deixe ver os pais e outras crianças no banheiro;
7. Estimule a dar tchau para o cocô e o xixi na hora de dar a descarga;
8. Deixe livros, revistas e gibis ao lado vaso sanitário;
9. Na época de tirar a fralda noturna, pergunte "Vamos tentar acordar com a fralda seca?". Caso não consiga, não o repreenda.
10. PACIÊNCIA E MUITO AMOR...
---
Por enquanto é isso, mas no decorrer da semana teremos mais postagens sobre o tema HORA CERTA. Não deixem de dar uma espiadinha por aqui!!!
Um grande beijo e até mais!!!
Postado por Clarissa Meyer

10 comentários:

Roberta disse...

Pois é. Minha Maria Clara está nesse processo, mas estou achando demorado demais. Ela já tem 2 anos e 5 meses. No colégio, a tia fala que ela fica só de calcinha e vai no banheiro quando estimulada. Em casa, pra ficar assim só com muito custo. Ela chora querendo colocar fralda.
Será que estou ansiosa demais? É que vejo comentários dizendo que é muito tranquilo e não percebo isso.
Enfim.
Bjs.

Poesia do Bem disse...

Fraldas





Nasce nu

Chorando a felicidade

Banho de beijo e talco

Pra garantir a saúde e amizade



Fralda no bumbum do neném

Cuidado com assaduras

Pastas, limpeza delicada,

Pra se manter a formosura.



Fralda de pano

Ecologicamente usadas

Como no tempo da vovó

Bem passada e engomada



Descartáveis em vários estilos

Pro dia, pra noite, e pra piscina

E como retirar?
O bebê cresceu, me ensina?





Fraldas que protegem a criança

Também é dilema pra pais

Como retirar? Usar o trono musical?

Educando com carinho

A criança cresce e á fralda logo diz tchau!





Paula Belmino

Papo de mãe disse...

Roberta, eu vou falar sobre desfralde no "pitaco de mãe" desta semana. Você vai ver que nem tudo é tão tranquilo para todos, rsrsrs...
Mas já te adianto que sua filha está dentro do "prazo" considerado normal para desfralde... não fique ansiosa porque isto só piora, ok?
Beijos
Clarissa Meyer
PS: Paula, obrigada por mais uma poesia!

suziana zache disse...

Boa tarde,

pode até ser facil tirar a fralda do dia mas para mim tem sido muiiiiito dificil, minnha filha é prematura, hoje com 3anos e seis meses ainda não consegue ficar sem molhar a calcinha de dia, a fralda da noite ainda nem comecei a me preocupar, levei ela a um psicologo que me disse que até os 5 anos é normal.

Já não sei mais o que fazer.

Suzi Zache

Orangotango disse...

Conheci o blog recentemente e ainda não assisti o programa, mas adorei tudo.
Inclusive o último post faz parte do meu momento atual. Nina é uma menina de 2 anos e 2 meses e passa pelo desfraude. Sabe que tem sido um processo muito tranquilo. Tem ficado sem fraldas quase todo tempo. Durante a noite ainda usa. Acredito que quanto mais tranquilo for este período mais fácil será para tirar as fraldas.

Tenho que admitir que tem sido bem mais fácil do que imaginei.
Parabéns pelo blog. Volterei mais vezes.

Eli disse...

Oi, meu menino tem atraso no desenvolvimento, atualmente ele está com 4 anos. Apesar de não falar ainda o xixi do dia foi tranquilo, o restante está mais difícil, a compreensão dele não ajuda, será que existe um outro método para crianças no caso dele??
Obrigada.

Filosofando ... disse...

A minha bb só tem 4 meses, mas já fico pensando em tudo isso. É fundamental já ir ouvindo outras pessoas para não ficarmos ansiosas sem necessidade. Cada um tem seu tempo.

Carla Pereira disse...

Olá Roberta,

A nossa ansiedade pode atrapalhar sim um pouco o tirar a fralda, porém cada criança tem o seu tempo. Procure incentivar a sua pequena se for o caso até demonstrando. Um abraço Carla

Carla disse...

Olá Eli

Com relação a sua dúvida você pode realizar uma rotina de idas ao banheiro.

Desenhe vários relógios e combine com o seu pequeno os horarios de ir ao banheiro, isso pode ser uma "brincadeira". Durante a madrugada crie uma rotina de levá-lo ao banheiro pelo menos 1 vez.

Boa sorte e um abraço

Carla Pereira

milene romera disse...

milene romera
dica: minha pediatra orientou a gente comprar um piniquinho e bonificar com figurinha, além de livros sobre o assunto li para ela dois livrinhos por duas semanas e expliquei sobre o piniquinho e a bonificação na segunda semana ela acordou arrancou a fraudinha e disse: mamãe agora eu não uso mais frauda eu sou mocinha e sentou no piniquinho e fez o xixi foi muito bacana vou deixar os nomes dos livros: cocô no trono e hora do penico para meninas(os), vale apena!!!