Aos domingos, 15h30
Reprise aos sábados, 11 horas
Na TV Brasil

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Como prevenir acidentes: dicas para um carnaval com segurança

Vem aí o Carnaval! O período é de agitação, mas exige cuidados especiais para quem vai curtir a folia com a criançada. Por este motivo, a ONG CRIANÇA SEGURA dá dicas importantes para uma viagem mais segura.
Na hora de pegar estrada, uma medida é essencial: o uso do equipamento adequado - como o bebê conforto, a cadeirinha ou assento de elevação – para transportar a criança no veículo. Nos feriados, o fluxo de veículos fica mais intenso, aumentando os riscos de acidentes. Estudos americanos mostram que cadeiras de segurança para crianças, quando instaladas e usadas corretamente, diminuem os riscos de morte em até 71% em caso de acidente. Consulte o Guia da Cadeirinha. Vale ressaltar que o uso da cadeirinha não deve ficar restrito às rodovias; na cidade e em qualquer trajeto, a criança deve ser transportada sempre em um dispositivo de retenção.
O atropelamento também é um risco que merece atenção nesta época do ano devido às festas de rua. Entre os acidentes de trânsito, o atropelamento é a principal causa de morte de crianças até 14 anos. No meio da descontração e do aglomerado de pessoas, a criança pode se afastar sem que os adultos percebam, dirigindo-se para ruas com tráfego normal de automóveis. Veja dicas para prevenir atropelamentos.
O banho de mar ou de piscina também costuma ser uma opção para o feriado já que o Carnaval vem sempre acompanhado de altas temperaturas. Os afogamentos representam a segunda maior causa de morte, entre os acidentes, de crianças até 14 anos. Por este motivo, adultos devem dobrar a supervisão na hora da brincadeira na praia e na piscina. As crianças devem utilizar colete salva-vidas. Mais dicas para prevenir afogamentos.
Algumas orientações para a escolha da fantasia mais adequada à criançada:
1. Prefira fantasias em tecidos de algodão, leves, arejados e fáceis de vestir. Se a criança tiver menos de 3 anos, opte por fantasias sem adereços soltos, como cintos, faixas ou cordões para evitar sufocações. Acessórios como lanças ou detalhes pontiagudos podem cortar e ferir. No caso de capas, certifique-se de que elas não ultrapassem a altura da cintura da criança. Assim, sua filha ou filho e os coleguinhas não correrão o risco de cair.
2. Lantejoulas e confetes: as lantejoulas que podem se desprender facilmente das roupas e os confetes, jogados em grande quantidade, podem também provocar sufocações. A brincadeira de arremessar confetes é muito divertida, mas deve ser acompanhada por adultos.
3. Pintura nos rostos: o ideal é utilizar maquiagens próprias para o público infantil e, claro, produtos antialérgicos e atóxicos para evitar irritações de pele e intoxicações.
4. Máscaras: as máscaras de material sintético também representam riscos. Dependendo da idade da criança, elas não se encaixam direito no formato do rosto e acabam impedindo a respiração. Os elásticos fixadores das máscaras também podem acabar ferindo a criança.
5. Brinquedos que imitam armas de fogo: não devem ser estimulados pelos pais. Além de incentivar a cultura da violência, pode despertar a curiosidade da criança para o uso de armas reais. Muitos acidentes acontecem porque as crianças acabam tendo acesso a armas de fogo guardadas pelos pais.
6. Bexigas: as crianças adoram inventar brincadeiras com balões de látex e bexiga. Mas atenção para as sobras de bexigas estouradas; os pedaços podem representar sérios riscos de sufocação para os pequenos.
É isso aí, pessoal! Vamos viajar, nos divertir, aproveitar o carnaval, mas sem descuidar da segurança!!!
Beijos,
Equipe Papo de Mãe

2 comentários:

Juliana & Junior disse...

Aprendendo a andar com segurança

Quando for ensinar seu bebê a andar, experimente o AndaBaby, funciona como se você estivesse segurando seu bebê pelas mãos, só que com o AndaBaby ele tem a vantagem de ficar com as mãos livres, podendo se apoiar em objetos; melhora a coordenação motora, ele sente mais prazer e entusiasmo e diminui muito o risco de acidentes.

Dê sua opinião e boas caminhadas com o seu filho.

http://www.andababy.com.br

Anônimo disse...

gostei muito da sua postagem só que teria como vc postar tbm dicas de segurança na prevenção de acidentes pros adultos?